Pesquisar este blog

domingo, 13 de junho de 2010

Quizumba no Sarapatel(Faustho)-Poeira D'água



fausthoterratupy — 12 de abril de 2010 — Quizumba no Sarapatel.


Formigas de calos nas mãos e chumbo nos pés, se arrastam pela sala de uma mansão.
Um canibal deu uma rasteira e saiu na tangente, pela porta da frente, cheio de carne no meio dos dentes, mais um indigente foi condenado a passar fome.

Caim mata Abel, olha aqui, olha a quizumba no sarapatel, olha aqui!
Caim mata Abel, olha aqui, olha a quizumba no sarapatel, olha aqui!!!

E o canibal retorna à mansão trazendo uma cumbuca cheia de balas de jiló.
Pra criançada que desaprendeu a sonhar e a brincar até cansar. Ordenando a peleja com faca e canhão.
São os gritos de fogo nos ouvidos de pedra, o cangaço do asfalto no deserto das feras,
Falando alto!
Falando alto, falando....

Caim mata Abel, olha aqui, olha a quizumba no sarapatel, olha aqui!
Caim mata Abel, olha aqui, olha a quizumba no sarapatel, olha aqui!!!

São os gritos de fogo nos ouvidos de pedra.
O cangaço do asfalto no deserto das feras.
Caim mata Abel, olha aqui, olha a quizumba no sarapatel, olha aqui!
Caim mata Abel, olha aqui, olha a quizumba no sarapatel, olha aqui!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails